16 abril 2010

Prosperidade financeira é bíblica?

É a vontade de DEUS que venhamos a prosperar financeiramente?
Que tenhamos bens desta Terra, como imóveis, dinheiro, carros, etc.?

Bem, existe uma forma de entendermos o propósito para tudo o que existe e o porquê das coisas serem como são. Vamos usar como exemplo algo feito pelo homem, pode ser um computador. Os engenheiros sabem exatamente o que querem com aquele artefato no qual estão trabalhando, investindo todos os seus esforços e conhecimentos para que aquele "invento" venha a alcançar os seus objetivos.



Então, de forma semelhante, a linha que podemos tomar para verificar o aspecto da prosperidade financeira, deve seguir até "a prancheta do projeto". Ou seja, como era de início. Como Deus imaginou que deveria ser a criação? Qual seria o papel original do homem pensado por Deus, qual o seu objetivo e como seria esse homem? Devemos nos lembrar que o homem é a coroa da criação, dessa forma, tudo que há na Terra foi
planejado para nosso proveito.


Veja o que as escrituras dizem:


 “Que é o homem... fizeste-o por um pouco menor do que Deus, e de glória e de honra o coroou... fazes com que tenha domínio sobre as obras da tua mão; tudo puseste debaixo de seus pés: todo o gado – ovelhas e bois – assim como animais do campo... as aves, os peixes e tudo o que se passa pelas veredas dos mares". Salmos 8.1-3-9


"Disse Deus: façamos o homem à nossa imagem e semelhança, conforme a nossa semelhança; domine ele sobre os peixes dos mares, sobre as aves dos céus, sobre os animais domésticos, sobre toda a terra, sobre todos os répteis que rastejam sobre a terra. VS 28 DEUS os abençoou e lhes  disse: Frutificai e multiplicativos; enchei a terra, e sujeitai-a. Dominai..." Gênesis 1.26-29


"Ora, o Senhor Deus plantou um jardim no Éden, e pôs ali o homem que havia formado". Gênesis 2.8


Os versículos que se seguem nos mostram como Deus planejou para que vivêssemos Seu plano para o homem. Seria uma vida mendigando e de necessidades? Vamos voltar ao ambiente que tínhamos em Adão e obter a resposta.


Vs9 diz: "E o Senhor Deus fez brotar da terra toda sorte de árvores agradáveis à vista e boas para comida".


Além do suprimento, Deus ainda deu um toque de bom gosto, promovendo uma sensação de bem estar no Éden com uma paisagem belíssima. Pelo que eu sei, Deus é bem "exagerado" e quando a Bíblia fala de "belíssimo", deveria ser algo inimaginável à a nós hoje. Quando atentamos para as obras de alguns paisagistas ficamos admirados, agora imagine o que deveria ser esse jardim, a beleza, o toque da própria criação de Deus para produzir um ambiente agradável e aconchegante para o seu homem criado, o seu "governador" da Terra, administrador, aquele que representaria o governo, poder e sabedoria de Deus na Terra, a própria expressão de Deus na Terra.

Vamos continuar:

Vs10 diz: "Saia do Éden um rio para regar o jardim... (deveria ser imenso esse jardim, pois era preciso um rio para regá-lo, e não era qualquer riozinho, era um rio que se dividia em outros quatro rios.)... dali se dividia e se tornava em quatro braços".
 
Bem, ao que podemos ver até agora, o "pobre" Adão ficou aqui na terra entregue às traças, mendigando, sem lugar para morar e sem prazer na vida, certo? É essa a visão que temos nestas passagens bíblicas? Definitivamente não!

A "pequena morada" de Adão, de onde ele deveria começar a governar toda a Terra era uma espécie de pequena fazenda, mas com milhares de árvores, um rio imenso para regar que se transformava em outros quatro rios, e havia ainda uma jazida de ouro, de ouro finíssimo para ser mais exato.

Bem, é incalculável nas medidas que temos hoje a prosperidade original deste homem (representante da humanidade). Prosperidade em todas as áreas da sua existência. Existia comida (necessidade básica), mas também existia uma beleza incomparável e agradável para seu bem-estar. Também podemos dizer que ele era riquíssimo, pois no Éden tinha ouro em abundância. Era uma jazida de ouro no seu "quintal".

Acho que isso é prosperidade financeira, e você? Se fosse hoje, comparado com o que existe, o homem mais rico do mundo não seria o dono da Microsoft, seria o "dono" do mundo, Adão (humanidade original, como Deus havia pensado).

Assim podemos comprovar pelas Escrituras que toda a Terra é do homem, e foi entregue para que o homem dela usufrua. Tudo o que há na Terra é para nós, como foi para Adão.

Adão tinha autoridade para tirar da Terra o seu sustento, a sua provisão como governadora absoluto sobre a mesma.

Como falamos de início, se quisermos achar a verdade sobre algo que foi alterado, danificado, quebrado, que saiu da sua função original, devemos voltar ao princípio, quando este algo foi criado/inventado. Foi no seu início, nas suas origens, que foram definidas as habilidades, capacidades, funções, significado, recursos, utilidades, objetivos e potenciais. Como era no início, como ficou depois de comprometido no seu estado original, e como será depois de restituído ao estado original.

Assim, se Adão tinha autoridade na Terra antes, agora que Deus nos libertou em Cristo temos a mesma forma, pois nós somos a descendência do Adão-perfeito, somos a continuação da história de Deus para o homem.

Porém, como sabemos, o homem Adão cometeu alta traição para com Deus, se vendendo para o Diabo. Desta forma, os bens da Terra, entre os quais estavam também as citadas riquezas, foram tirados do homem por Satanás, como resultado da desobediência. As Escrituras dizem que toda autoridade do homem foi entregue ao Diabo e que o próprio homem passou de dominador a dominado, de dono à escravo. Foi nesta distorção que o homem perdeu o significado original de sua existência

Cuja fonte era Deus.

Jesus Cristo é a provisão de Deus para que o homem retome sua posição de autoridade sobre a Terra. O homem em Cristo volta a ser representante do governo de Deus na Terra, um "sócio" de Deus, e quem é sócio de Deus não pode ser mendigo, pobre, miserável, necessitado e financeiramente fracassado.

É isso o que somos, mas só com o entendimento destas verdades obteremos resultados práticos sobre a restituição de Deus para nós. Podemos fazer nossa Alma prosperar ricamente no entendimento destas verdades, porque delas depende como nós viveremos aqui na Terra, se como dominadores ou dominados (Cl 1-3; 3Jo 2), embora já nos tenha sido restituída a posição de dominadores ( Cl 1.1-4).

Glória a Deus porque essa distorção temporária da humanidade, esta condição "danificada" foi reparada pelo próprio Deus, por meio de Jesus Cristo. Nossa autoridade foi restituída. Jesus Cristo (Mt 28.18-20), o homem Deus, a tomou de volta (Lc 11.21-22). Nosso domínio foi restituído (Gl 1.4, Cl 1.13). Nossa riqueza foi restituída (Ef 1.17-23). Ou seja, tudo o que éramos em Adão é o que somos agora.

Somos co-herdeiros com Cristo e herdeiros de DEUS Rm 8.17 ; Gl4.4-6; IJo3.1-2; 4.4 . Ele levou legalmente a nossa pobreza para termos a sua riqueza, ou melhor, a nossa riqueza restituída (IICo 8.9; Gl 3.14, 26-29). Cristo devolveu a dignidade, autoridade e significado da criação de Deus. 


Abraão, servo de Deus, e não filho como nós, era o homem mais rico financeiramente da sua época e região (Gn 13.2,6, 14-18). Quem o enriqueceu foi Deus (Gn14. 23). As escrituras mostram que nós somos herdeiros de Abraão por Cristo, o descendente do homem que tomaria de volta o que foi roubado do homem (Gl 3.26-29; 4.4-7; Lc 11.21-22). (Deus fez a promessa da prosperidade de Abraão, assim podemos dizer que Abraão tipificava como seria a restauração do homem, que seria pela fé, e também a conseqüência desta restauração, uma delas é a prosperidade financeira).

Cristo é Deus tomando de volta o que Ele planejou para o seu Homem, e que havia sido roubado pelo Diabo. Agora tudo é nosso novamente (ICo 3.21.23). Fica claro que Deus deseja a prosperidade dos seus filhos.
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio

Um comentário:

  1. Muito boa a matèria, bem explicada,
    e cheia de contextos explicativos, afinal bem extruturada na palavra.
    Parabèns servo do senhor vejo que persevera em passos largos,fico muito feliz e oro por vç e pelo grupo de oração para que continue sendo esse canal de Jesus no meio do povo.
    Pe. Hugo
    Caxias do Sul-RS

    ResponderExcluir

Rádio

Grupo de Oração

Grupo de Oração

Postagens antigas

Postagens mais visitadas

Reflexão

Mensagens

Nossa Senhora Fátima

Nossa Senhora Fátima

Parceria

Parceria

Parceria

Postagens populares