11 maio 2010

O Espírito Santo quer reacender o amor na sua família

Como é bom estar ao lado de alguém a quem queremos bem! Deus nos revela que quando os irmãos se agradam um da presença do outro e quando acontece a união dos corações, Ele derrama as Suas bênçãos. O testamento de Jesus foi um pedido para que não nos separássemos daqueles que são os nossos irmãos na fé.

Estamos chegando a um tempo em que os cristãos devem se ajudar, este desejo veio do coração de Nosso Senhor, e todas as vezes em que nós lutamos para que se evite uma separação em nosso meio a bênção de Deus está conosco. Você que está lutando em favor da sua família, você não está sozinho, é Deus que defende a sua causa, porque Ele quer a sua família unida.

O que pode unir esta família? As brasas que estão sepultadas embaixo das cinzas. Corre-se o risco até de pensar que não há mais nada embaixo delas, mas a pessoa que tem o mínimo de experiência sabe que ainda existem as brasas. E se você pedir que o Espírito Santo sopre sobre elas, você verá que o fogo reacenderá. Porque o que nos une é o amor que nos leva a querer bem o outro. O que une você à sua família? É o amor.

Dentro de uma casa não existe ninguém igual a ninguém; viver numa família é um desafio, porque o que nos leva a superar é o bem que se quer para a outra pessoa e não para si. Quando cada um pensa no bem do outro a família se torna coesa.

Deus nunca nos pede algo que esteja além das nossas forças, Ele, que lhe deu uma família e um nome e nas suas veias corre a marca dessa família, lhe conferiu graças e sabedoria para viver dentro desta, basta querer e se dispor a lutar por isso. Quem quer de verdade lutar pela sua família, luta por ela e não fica de braços cruzados. Muitas vezes, o mais importante é estabelecer a paz, e alguém precisa dar o primeiro passo.


Salmo 132 (133)
1. Cântico das peregrinações. Oh, como é bom, como é agradável para irmãos unidos viverem juntos. 2. É como um óleo suave derramado sobre a fronte, e que desce para a barba, a barba de Aarão, para correr em seguida até a orla de seu manto. 3. É como o orvalho do Hermon, que desce pela colina de Sião; pois ali derrama o Senhor a vida e uma bênção eterna

______________________________________
Márcio Mendes
Comunidade Canção Nova
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio

Um comentário:

  1. Tem um selinho pra vcs lá no blog do Ministério para Crianças!
    Deus lhes abençoe!

    ResponderExcluir

Rádio

Grupo de Oração

Grupo de Oração

Postagens antigas

Postagens mais visitadas

Reflexão

Mensagens

Nossa Senhora Fátima

Nossa Senhora Fátima

Parceria

Parceria

Parceria

Postagens populares