29 junho 2010

Oração da família

Oração de Libertação pelos pecados da família

Senhor, assumo a minha casa, a família que me deste.

Como membro dessa família, peço-Te perdão por meus pecados pessoais, Senhor. Os pecados que cometi por pensamentos, os meus pecados de sentimentos, de emoções, de atos; todas as coisas erradas que fiz.

Peço-Te perdão, Senhor, por todas as palavras erradas que disse, palavras falsas, ofensivas, que machucaram os meus irmãos e que não foram convenientes.

Peço-Te perdão por todos os meus pecados por omissão. As coisas que devia fazer e não fiz. Por não ter orado como devia, por não interceder como devia, por não vigiar como devia, por não comandar como devia, por não usar de autoridade como devia, por não falar quando devia, por não calar quando devia,… enfim, Senhor, todas as minhas omissões.

Peço-Te perdão por toda a minha malícia, maldade, falsidade, hipocrisia… de todo o meu pecado, Senhor. Tu sabes da sinceridade do meu coração.

Digo, sinceramente, diante de Ti: rompo com o pecado. Não quero pecar, Senhor. Digo “não” ao pecado.

Agora assumo a autoridade espiritual que não é minha, mas que o Senhor me deu, sobre a família que o Senhor me concedeu.

Assumindo essa autoridade espiritual, digo:

Perdão, Senhor, pelos pecados da família que me deste. Assumo sobre mim esses pecados, como o Senhor assumiu sobre Si os pecados do teu povo, os pecados da família que o Pai te deu. O Senhor foi até a cruz e derramou o Seu sangue por essa família.

Senhor, peço-Te perdão por todos os pecados de pensamentos, de julgamentos, de palavras, de sentimentos, de emoções – por minha culpa ou sem minha culpa – que minha família cometeu.

Peço-Te perdão por todos os pecados de omissão da minha família. Por tudo aquilo que os meus entes queridos fizeram, desagradando e ofendendo o Teu coração, desagradando e ferindo os meus irmãos.

Eu e a minha casa rompemos com o pecado, não queremos mais pecar. Eu e a minha casa não queremos mais ser uma “filha apóstata”. Não queremos mais ficar vagando por caminhos errados, pelos caminhos da tentação, resvalando no pecado e dando abertura a ele.

Eu e minha casa dizemos como Domingos Sávio: “A morte, mas não o pecado. Antes morrer do que pecar”.

Sabemos da nossa fragilidade, Senhor, mas firmes na fé, firmes no teu poder, no poder da Tua cruz, fazemos esta proclamação: “Eu e a minha casa rompemos com o pecado”.

Meu Senhor e meu Deus, lava-nos agora com o Teu sangue precioso. Lava toda minha casa, minha família, todos aqueles que bondosamente me deste. Amém!
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Rádio

Grupo de Oração

Grupo de Oração

Postagens antigas

Postagens mais visitadas

Reflexão

Mensagens

Nossa Senhora Fátima

Nossa Senhora Fátima

Parceria

Parceria

Parceria

Postagens populares