18 março 2014

Transfiguração de Jesus

 Foto do perfil de padre Márcio Marcelo Barboza       mensagem semanal de nosso sacerdote. 

Queridos e amados de meu Deus, a vocês Graça e Paz da parte de nosso Senhor Jesus Cristo e de nossa Mãe Santíssima, nossa Senhora de Fátima, rainha dos anjos! 
Ovelhas queridas, nesta semana, temos a oportunidade de vivenciarmos a transfiguração de Jesus. Como filhos amados de Deus, devemos estar sempre unidos a Ele, ressuscitados com Cristo para uma vida nova. A experiência da “alta montanha” funciona em nós como um retiro espiritual com o Senhor. Nesta montanha reconhecemos o Senhor como o maior de todos os profetas (Elias), mas também como cumpridor de toda a Lei (Moisés), o que nos dá a possibilidade de reconhecer o Senhor Jesus Cristo como o verdadeiro Messias. Neste retiro espiritual da quaresma que estamos vivendo, devemos olhar para a nossa vida e ter coragem de olhar para o Senhor, pois é Ele a quem buscamos, e é Nele que devemos nos tornar pessoas melhores diante do mundo, não nos esquecendo nunca de nossa missão no mundo, ou seja, de fazer brilhar a todos a Graça da Ressurreição como “filhos amados do Pai em quem Ele coloca todo o agrado”. Para isso, é preciso sair da “mesmice”, de nosso conforto e ir buscar as situações onde o mundo mais necessita da Luz e do Amor de Deus. Somos nós os escolhidos para desenvolver no mundo a Justiça do Pai, para que sejamos uma família que vive a igualdade, liberdade e fraternidade, valores muitas vezes esquecidos, devido a uma sociedade cada vez mais materialista e consumista, realidade que necessita de nosso “jejum” diante do mundo. Abraão deixou o conforto de sua casa e foi para uma terra distante, sem saber o que o esperava, movido apenas pela Fé e a promessa de uma descendência numerosa. Nós devemos também sair de nós mesmos, o que é tarefa difícil e complexa, pois a renúncia é uma exigência daquele que se dispõe a seguir a Cristo e a viver em seu Reino, para encontrarmos o irmão que sofre, fazendo assim aparecer a grande família de irmãos que vive a solidariedade. Confesso que é muito bom ficar com o Senhor, o difícil é segui-Lo pelos caminhos do mundo. A tentação de construir “tendas” para o Senhor é grande, mas o desafio de fazer o Senhor caminhar no meio dos homens dentro do nosso peito, na nossa voz, em nossos gestos com certeza é a verdadeira missão daqueles que querem testemunhar a pertença ao Senhor. Façamos como Paulo, vamos viver esta “vocação” a que fomos chamados pela Graça do Batismo no Senhor, ajudando-O a destruir o império da “morte” e fazendo brilhar a “vida e a imortalidade” por meio do Santo Evangelho! 
Louvado seja nosso Senhor Jesus Cristo! Sempre seja louvado!

Pe. Márcio Marcelo Barboza.

Administrador Quase-paróquia Nossa Senhora de Fátima



   
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Rádio

Grupo de Oração

Grupo de Oração

Postagens antigas

Postagens mais visitadas

Reflexão

Mensagens

Nossa Senhora Fátima

Nossa Senhora Fátima

Parceria

Parceria

Parceria

Postagens populares