13 agosto 2014

"Bença pai!"


                                   "Bença pai!"


”Bença Pai!”

Quem na vida nunca ouviu, ou disse esta frase? Que infelizmente é um costume amoroso de poucos. Muitas vezes esquecido.

Mas hoje queremos chegar até você pai num abraço bem forte e desejar parabéns! Resgatando o amor que temos por cada pai. Porque somos família Canção Nova.

Assim porque é importante lembrar a imensa graça que é participar da fecundidade com o próprio Deus, no ato criador de uma nova pessoa humana. E você pai participa.

Ser pai é responder a uma vocação; encaminhar os filhos para Deus. Ensinando-os a perfeição divina como meta, afim que atinjam a estatura perfeita que é Jesus Cristo.

Quantas vezes para dormimos e nossos pais gastaram tempos e tempos cantando e até contando contos. Lembro-me desta…

Conta-nos uma história a respeito de um pai “muito ocupado”, que certa vez passando o final de semana em casa, a trabalhar, em seu laboratório domiciliar fora incomodado pelo filho.

“Pai, pai! O que o senhor está fazendo?” – “Estou muito ocupado. Trabalhando.” Responde o pai.

Mas a criança não se conformou e continuou a perguntar, falar, falar… até que o pai usando de sua experteza, diz ao filho: “Filho, quer montar um quebra-cabeça muito grande?!” O filho, empolgado, expressou o seu interesse. Por sua vez, o pai, foi até o armário e pegou uma figura do mapa mundi. Preocupou-se em cortar da maneira mais difícil e complicada para o filho levar até mesmo dias tentando montar. Devido sua pouca idade.

“Pai, cadê?!” Inquieto o garoto chamava. Veio então o pai com aquelas tantas peças e entregou ao filho para lá no seu quarto montar.

Despreocupado o pai volta aos seus afazeres. Pensando: “Ele não vem aqui tão cedo… A noite deve terminar. Afinal não conhece geografia.” E a figura paternal continuou com seus projetos, experimentos, priorizando-os em plenamente aquele final de semana.

Passado uns 30 minutos é surpreendido pelo filho que chega gritando: “Pai, pai já terminei!” O pai se assustou e se indagava desacreditando: “Mas…como?!”

“Tá certinho, não tá pai?” A criança apresentava a obra.

Estupefato, o pai confere aquela realidade diante de si. “Mas como conseguiu tão rápido?”

“Estava difícil, eu não conhecia este. – Se referia criança ao não conhecer geografia – Mas do outro lado tem uma figura de um homem. Por isso foi fácil.”

Naquele momento o pai, apreensivo, vira o mapa e se depara com a figura de um homem.

Por um momento extasiado, o pai é capaz de refletir o homem que ele próprio é, e o homem que ele está formando para a sociedade.

A criança o interrompeu: “O senhor está bem, pai?!… Ah… a mamãe pediu pra lembrá-lo da santa missa.” O pai concordando diz: “É verdade filho. Só nosso Deus para nos fazer homens capazes de sustentar um mundo santo. Mesmo hoje sendo sábado vamos santificar este nosso dia e nossas vidas. Vamos lá meu filho! Buscar um mundo melhor.”
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Rádio

Grupo de Oração

Grupo de Oração

Postagens antigas

Postagens mais visitadas

Reflexão

Mensagens

Nossa Senhora Fátima

Nossa Senhora Fátima

Parceria

Parceria

Parceria

Postagens populares